Malta, Comino. E o pedido de casamento!

Geeente, é com muito amor que faço esse post!

A dois meses atrás recebi de presente uma viagem para uma pequena ilha chamada Comino, próximo a ilha de Malta (país que quis muito conhecer) do meu querido noivo. Namorado até então. A viagem era exclusivamente para relaxar e não explorar, então a verdade é que não visitei lugar algum exceto o Blue Lagoon, por ser na ilha em que eu estive. Não conhece Comino? Eu te mostro!  😀

COMINO – Malta

Featured image

Comino é a menor ilha. Situada entre Malta, Gozo e o Mar Mediterrâneo. Pela minha experiencia não há moradores nesta ilha a não ser os funcionários do hotel em que fiquei hospedada. Afinal, a única residencia é o Hotel Comino.

TRANSPORTE (partindo de Malta International Airport)

O transporte é muito simples e barato. E em frente a saída/entrada do Aeroporto existem vários pontos de ônibus… se o seu destino é Comino, você vai esperar pelo ônibus X1 (tarifa de 1,50 euros) e descer na última parada. Nesta parada você pode pagar pelo Ferry Boat para as demais ilhas. Se você estiver indo para o Comino Hotel  existe o boat do próprio hotel, que eu super aconselho por ser mais seguro, apesar de ser um simples barquinho. Esse boat busca os hospedes do hotel a cada 45 minutos. Caso você esteja indo apenas para visitar os pontos turísticos da ilha existem outras opções onde você compra os tickets na hora.

Featured image

O barquinho a deslizar no macio azul do mar !

HOTEL 

Comino Hotel  é a única forma de hospedagem em Comino, mas você pode optar por outras ilhas. Tudo que você precisar encontrará no hotel eu acho. Este é um hotel 4 estrelas, todas as refeições, entretenimento e bar é por conta deles…afinal, não existe nada além deles na ilha. Porém não é um hotel luxoso, o quarto é simples..mas inclui varanda com vista para o mar e tv. O restaurante é simples, mas existem vários tipos de carne, sobremesas e cardápio variado todos os dias, no almoço e janta…Em minhas pesquisas a comida foi sempre muito bem elogiada, eu achei razoável. Existe uma parte família, e uma parte um pouco mais romântica. Mas sempre chegue cedo!
O Hotel também tem uma linda piscina, oferece aulas de mergulho, quadra de tênis e outras coisinhas das quais nem usei. O hotel nos custou 270 euros para duas pessoas, incluindo café da manhã e janta, 4 dias. Minha dica é levar materiais de pesca! Só descobri essa maravilha no último dia…é muito divertido! O próprio hotel tem alguns materiais bem simples a venda. Tudo é muito barato, drinks e fast-food.

Featured image

TURISMO – BLUE LAGOON

Segundo algumas publicações, a “Lagoa Azul – Blue Lagoon” trata-se de um dos lugares mais fotografados da Ilha de Malta e do Mediterrâneo. O local foi cenário do segundo filme da série “A Lagoa Azul”. E um dos lugares mais maravilhosos que já estive ❤

Featured image]

Featured image

Featured image

O PEDIDO DE CASAMENTO 

A parte mais linda e feliz, é claro! Eu e o Rodrigo estamos juntos e 3 anos, já passamos por poucas e boas…sempre com muito bom humor! Antes de ser meu parceiro, ele é primeiramente meu melhor amigo, a pessoa que sempre me encontra uma solução, uma “luz”. Alguém que eu admiro e me espelho, quem tem sempre uma piada e também quem não desarruma a casa que eu organizo (verdade seja dita!). Então estamos noivos! Que venham muitas lindas viagens pela frente! ❤ ❤

Featured image

Anúncios

Dica para final de semana: Belfast, Irlanda do Norte

Olá pessoal, acabo de voltar de um tour pela Irlanda do Norte, Belfast. Se você também quer conhecer um pouco mais sobre a Europa, eu super recomendo o Tour. Fechamos com a agência de intercâmbio WICE e não haveria escolha melhor! O pacote custa 35 euros, e inclui: Titanic Museum, Citty Centre, Rede Rope Bridge e Giant’s Causeway, nós também paramos bem rápido em um castelo em ruínas do qual não recordo o nome.

A SAÍDA:

O ponto de encontro foi na O’Connell Street, ás 7:30. Eles são muito pontuais, por isso cheguem um pouco antes. Ao entrar no ônibus fomos apresentados ao guia turístico John, muito simpático e com muitas histórias pra contar! E ele também tentava umas palavrinhas em português 😀  E também o representante da WICE, que gravou muitos vídeos e fez várias fotos!
O John nos contou sobre o roteiro e o tempo que levaria até Belfast. Cerca de 2 horas e 30 minutos de Dublin até o centro de Belfast. E para voltar foram 4 horas de viagem, tendo em vista que saídos de Giant’s Causeway para Dublin. O ônibus é bastante confortável, com ar e caixas de som e TV.

nota: Para quem tem problemas com enjoo sugiro levar água e remédios, pois o tempo total no ônibus é bastante cansativo.

O ROTEIRO:

O primeiro ponto de parada foi no #1 Titanic Museum, ficamos cerca de 30 minutos. Não é muito tempo, mas chegando lá verão que não tem muito o que fazer. Como é um porto, tem bastante navios e barcos bonitos, algumasbarraquinhas com comidas efastfood (tudo em libra). Não dá tempo de conhecer o interior do museu, mas na entrada é possível visitar as lojinhas, e comprar algumas lembrancinhas e souvenir em euro. Aconselho que aproveitem essa primeira parada, no máximo usem o banheiro. Pois a próxima terão mais tempo!

Featured image

A segunda parada foi #2 Citty Centre, cerca de 5 minutos da primeira parada. Aqui temos 1 hora e é tempo suficiente. Dá para visitar alguns pontos bem bonitos sem ir muito longe. Mas não crie muitas expectativas, pois é bem parecido com o centro de Dublin! Nessa parada aconselho fazer um lanche. Aqui é possível encontrar o Shopping e vários mercados como o Centra, lembrando que você pode pagar com o cartão de débito e o valor é convertido automaticamente.

Featured image

Featured image

Terceira parada #3 Rede Rope Bridge era a mais esperada por mim! E me surpreendi com tanta beleza natural, e a sensação de atravessar a ponte! Esse percurso levou cerca de 1 a 2 horas de ônibus. E tínhamos 1 hora e 30 minutos para ficar. Esse tempo é bastante corrido! Ao chegar o guia vai lhe entregar os tickets de acesso a Rede Rope, e eu sugiro que vá direto para lá, e durante o caminho aprecie a vista e tire muitas fotos! Ao se aproximar da Rede verá que tem uma grande fila para ir e voltar, pois existe o limite máximo de 8 pessoas passando pela trilha/rede ao mesmo tempo. Mas não se preocupe, dá para fazer tudo e o ônibus não vai sair sem você. (o que não significa que tem o direito de fazer os outros te esperarem). Sobre atravessar a rede…é uma experiência única e de tirar o folego!

Featured image

Reparem a fila dos dois lados da ponte.

Featured image

A quarta parada foi #4 Giant’s Causeway, e definitivamente me surpreendeu! Nossa, é realmente incrível a formação das pedras! A viagem de ônibus durou cerca de 20 a 30 minutos saindo da terceira parada. E tínhamos 2 horas para conhecer o local. Chegando lá encontramos 1 lanchonete e um café. O caminho para chegar a formação de pedras dura cerca de 5 minutos, e desde então já é muito bonito. Dá uma olhada nas fotos!

Featured imageFeatured image

Featured image

Featured image

Featured image

Paramos por 5 minutinhos aqui para dar uma olhada neste castelo.

Se você quer conhecer um pouquinho mais sobre essa excursão, a WICE preparou um vídeo para você!

Espero que esse post tenha te ajudado! Se você gostou, por favor compartilhe este link com os seus amigos! 😀 😀

Indo para Paris? Vem comigo!

Se quer conhecer Paris e não sabe por onde começar, eu vou te ajudar! Primeiro é importante dizer que eu gastei cerca de 350 euros, incluindo passagem, hotel, transporte, alimentação e ingressos para os parques da Disney. Te explico!
Se você ainda não comprou a sua passagem, é o primeiro passo. Quanto antes melhor! RYNAIR
A minha passagem foi comprada com 1 mês de antecedência e custou 72 euros, com volta após quatro dias. Lembrando que a Ryanair só vende passagens para o Aeroport de Paris Beauvais.

E o dia tão esperado chegou! Chegando no Aeroporto de Paris, aparentemente o único meio de transporte coletivo é o ônibus de viagem, daí começou o susto! Pois o ticket custa nada menos que 17 euros! Mas você também pode comprar o TICKET ONLINE por 15,90. A viagem de ônibus dura cerca de 1 hora, e vai te deixar na rodoviária ao lado da estação de metrô Porte Maillot. Chegando nesta estação de metrô alguns rapazes, estudantes de francês, te abordam para te ajudar na compra do ticket, eu sugiro passar direto e procurar por si, pois existe a opção de compra em inglês. Acontece que o rapaz que me “ajudou” me comprou um ticket que deveria valer durante todo o dia. No meio do dia eu descobri que o ticket era infantil e eu poderia ter sido multada, além disso o ticket não funcionou durante todo o dia. Bom, se você vai ficar menos de 3 dias é viável comprar o bilhete único que custa 1,80 euros e te dá direito a passar na catraca uma vez e usar quantas linhas de metrô forem necessárias, porque todos os pontos turísticos são perto e você pode ir caminhando, na volta para casa compra novamente outro bilhete único. Se você vai ficar mais tempo, existe o ticket + de 10 bilhetes custa que 14,10 euros. Eu não usei mas encontrei essas informações para quem for precisar.

Onde comprar: Ticket de 10 bilhetes e bilhete único, nos caixas de auto-atendimento ou nos guichês do metrô, ônibus e estações RER.

Vantagem: a praticidade. Você compra de 10 em 10 tickets, e usa à medida que precisar, sem ter que fazer contas ou se preocupar com a validade. O “carnê” não tem titularidade, e os bilhetes podem ser dividido com mais pessoas. O preço é vantajoso. Os bilhetes servem para metrô, ônibus e RER zona 1. São permitidas conexões dentro de um período de 90 minutos da validação inicial; essas conexões podem ser entre metrô/RER, metrô/metrô e ônibus/ônibus sem pagar um segundo bilhete. (Pegadinha: outras combinações de conexão, como RER/metrô, não são possíveis.)

Desvantagem: não dá direito a aeroportos (o Orly fica na zona 3; o aeroporto Charles de Gaulle, na zona 5), nem a Versailles (zona 4), nem a Disneyland Paris (zona 5).

É muito fácil se perder quando ainda não esta familiarizado, como eu. Então procure sempre se localizar nos mapas que estão disponíveis nas paredes, e em postos de informação peça o mapa da cidade e o mapa do metrô.

HOSPEDAGEM 

Eu me hospedei no hotel FORMULE 1 no Bairro de  Montmartre, durante quatro dias, cada noite custou 25 euros. A principio o Hotel foi um grande erro, o bairro é bem sinistro, e em frente ao hotel acontece todo os dias o que me parece ser “compra e venda de materiais roubados”, ao final do dia a rua fica muito suja. Poréeem…no dia seguinte descobri a parte boa do bairro. Onde encontrei muitos fast foods, restaurantes, mercados e até um LIDL. Os quartos são bem simples, mas confortável, com TV e uma vista legal. Os  banheiros ficam do lado de fora e é compartilhado com todo o andar. O lado bom deste hotel é que fica a 5 minutos de duas estações de metrô, Garibalde e Saint Ouen.
Mas se prefere hostel, indico esse aqui Auberge Internationale Des Jeunes – Paris  que é bem recomendado e concorrido.

PONTOS TURÍSTICOS

#DIA 01 –  Arco do Triunfo – Jardins du Trocadéro – Torre Eiffel

Featured image

Monumento histórico, o Arco do Triunfo é também um símbolo patriótico. Na sua base encontra-se, desde 1921, o Túmulo do Soldado Desconhecido da Primeira Guerra Mundial. Para homenagear a sua memória, bem como a de todos os soldados mortos em combate, uma Chama da Memória arde no seu túmulo desde 1923. Por tradição, a chama é reacesa diariamente às 18h30.

Featured image

A Torre Eiffel foi construída por Gustave Eiffel para a Exibição Universal de 1889, em Paris, realizada na data do centenário da Revolução Francesa. Uma estrutura revolucionária para a época. Ainda hoje, é um dos principais símbolos de Paris e da França. A Torre levou dois anos para ser concluída e foi inaugurada pelo Príncipe de Gales que, posteriormente, tornou-se o Rei Eduardo VII do Reino Unido. TICKET TORRE EIFFEL

# DIA 02 – Museu do Louvre – Pont des Arts – Cathédrale Notre Dame de Paris

Featured image

O Museu do Louvre (em francês: Musée du Louvre), instalado no Palácio do Louvre, em Paris, é um dos maiores e mais famosos museus do mundo. Localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rival dos Champs-Élysées, e dá forma assim ao núcleo onde começa o Axe historique (Eixo histórico). É onde se encontra a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do Egito antigo, da civilização greco-romana, artes decorativas e aplicadas, e numerosas obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Rembrandt, Michelangelo, Goya e Rubens. É o museu mais visitado do mundo. TICKET MUSEU DO LOUVRE

Featured image

A construção da Catedral de Notre-Dame de Paris foi iniciada no ano de 1163. A obra foi dedicada à mãe de Jesus Cristo, Maria, de quem se originou o nome Notre-Dame, que em português significa “Nossa Senhora”. A estrutura em estilo gótico é considerada uma das mais tradicionais e antigas da capital francesa. A catedral localiza-se na praça Parvis, que fica na Île de la Cité, uma pequena ilha situada no meio do Rio Sena. A entrada é free, para ir até o topo da Catedral chegue antes das 16:20.

#DIA 03 – Parc des Princes – Torre Eiffel Noite

Featured image

É um estádio localizado a oeste de Paris, na França. Inaugurado em 18 de julho de 1897, é predominantemente utilizado pelo clube Paris Saint-German. Foi palco da final da Eurocopa de 1984, quando a França venceu a Espanha por 2 a 0. O estádio já sediou 9 jogos de Copa do Mundo. Três em 1938 e seis na Copa do Mundo de 1998, entre eles a disputa pelo 3º lugar, entre Croácia e Holanda.

Featured image

As luzes acendem entre 22hr a 22:30, quando ainda é claro. Porém o jogo de luzes só acontece ás 23hrs, quando escurece. Para quem quer registrar o momento com boa qualidade, existem alguns postos de fotógrafos que fazem sua foto e imprime na hora.

# DIA 04 – Walt Disney Studios e  Parque Disneyland

Existem vários tipos de ingresso, o que escolhi custou 68 euros em baixa temporada, na Loja da Disney aqui em Dublin, me dando direito a entrar nos dois parques. Porém eu só poderia visitar o parque no dia 22, 23 ou 24/06. Você também pode comprar online, DISNEY OFICIAL. Aqui também é recomendado andar sempre com o mapa dos parques, pois no meu caso 1 dia dá pra fazer muita coisa, porém é bom priorizar seus interesses. O mapa localiza em que área e parque você está e também classifica os brinquedos como infantil, para família e os imperdíveis. (Os imperdíveis são mesmo im-per-dí-veis!). O Parque Disneyland é o maior parque temático, dividido em 5 temas Main Street, U.S.A; Discoveryland, Fantasyland, Adventureland e Frontierland.

COMO CHEGAR:  A verdade é que chegar é muito simples, porém li muitos relatos de pessoas que foram multadas por fiscais que alegaram ter comprado o bilhete errado. Então preste atenção! O transporte público que te levará aos parques chama-se RER A. Em qualquer estação do metrô você deve procurar pelo bilhete Marne-La-Vallée / Chessy / Disneyland, você encontra nos posto de venda ou máquinas de auto atendimento. Custa 7,60 euros, partindo da estação que você comprou. E então procure pelas estações Châtelet-Les-Halles, Gare de Lyon ou Nation, essas linhas te ligam a linha do RER. Chegando a estação de RER, o painel informa dois destinos, o seu destino final chama-se Marne-La-Vallée Chessy / Disneyland. Para saber se o próximo trem está indo para disney, repare se no painel as luzes para o seu destino estão acesas, se as luzes estão apagadas significa que o trem tem outro destino e aguarde para que o próximo trem indique a estação desejada. E enjoy!

Esse post foi útil? Se ainda restou alguma dúvida ou tem alguma sugestão para melhorias deixe seu comentário!

XxXx

Fotografia pelo namorado

Quem me acompanha no Facebook viu as fotos LINDAS que meu namorado fez no Phoenix Park comigo ontem! Não são fotos profissionais, na verdade foi apenas um teste! Mas eu amei. Incrível como uma boa imagem pode capturar sorrisos mais bonitos, cores mais vibrantes. Na verdade eu sempre quis umas fotos assim, e até tenho marcado uma sessão profissional para semana que vem (farei um post a respeito). Mas por enquanto estou super satisfeita. Dá uma olhada!

Featured image

Featured image

Featured image

Featured image

Featured image

Featured image

Featured image

Featured image

O que acharam? Fariam um teste com ele também? hahaha
Acho que já posso fazer post com Look do Dia!

XxXx

Inspiração para tatuagem!

Hoje resolvi trazer alguns modelos pequenos de tatuagens femininas. Semana passada eu fiz a minha segunda tatuagem aqui em Dublin, no Colour Words Tatto Studio. Para quem mora aqui eu definitivamente recomendo. Além do estúdio ser uma gracinha, meio vintage…os rapazes são muito simpáticos, educado e qualificados. Sem falar sobre a parte higiênica, absolutamente tudo é descartável. Adorei.

Featured image

Essa foi a primeira tatuagem, fiz quando tinha 16 anos.

Featured image

‘I refuse to sink.” Fiz essa semana. (junho, 2015)

 E você também tá afim e ainda não decidiu? Olha as imagens que separei pra você! 

Featured image

Se você está a procura de uma fonte especifica, sugiro visitar o Google Fonts. Lá você encontra inúmeros modelos para download.

Featured image

Featured imageFeatured image

Featured imageFeatured image

Featured imageFeatured image

E então meninas, gostaram de alguma fonte ou desenho? Se tiverem outras ideias mais criativas me enviem, vai que eu decido fazer a terceira!

XxXxx

Percebe

Aprendi sobre o inverno, sobrevivi a ele. Aqui, tão longe onde refiz minha casa, aprendi sobre escolher entre ser dependente de alguém, ou rodeada de tudo sem precisar de nada. Eu quase me perdi. Engraçado como todos dizem o quanto crescer é difícil, porque para mim tudo foi natural. Eu perdi inúmeras pessoas, estive desesperada. Hoje entendo que todas as perdas estiveram me preparando para questões muito maiores, das quais também sobrevivi. Perdi alguém que era duplamente eu, então precisei ser metade…e vai ser sempre assim. Perder este alguém me ensinou que não há nada para o qual não estejamos inconscientemente preparados. Eu cai, é claro. Bati a cabeça contra a parede e me machuquei com as próprias unhas, eu implorei para que a morte, já com a vida que queria em seus braços, devolvesse o meu pai. Eu podia enlouquecer. Você pode enlouquecer. Mas você não pode desistir.

E é exatamente isso o que não me faz desistir, o fato de simplesmente não poder. Porque do outro lado ninguém pode me segurar, eu faço isso e continuo fazendo. Eu escolhi não precisar de nada, não precisar de ninguém e ter o prazer de ter todos ao meu lado. Escolhi dar o meu melhor. Isso inclui tudo, inclui desistir de todos para apostar em mim.